Mundo Husqvarna

Profissionais do campo - Gramados e campos
Publicado em 24 de agosto de 2016

Gramados Esportivos: replantio total

Registramos a enorme evolução na qualidade de nossos gramados, nos últimos 20 anos.

por Artur Melo

Iniciando o 15º texto, sobre Gramados Esportivos, farei o registro da enorme evolução na qualidade de nossos gramados, nos últimos 20 anos, culminando com as últimas grandes competições esportivas mundiais, realizadas no Brasil (Copa2014 e Olimpíadas Rio2016).

 

Vimos, excepcionais gramados na Copa2014 e após a épica Abertura da Olimpíada, o replantio total do gramado do Maracanã, onde imediatamente após (cerca de 10 dias) foram sendo realizadas partidas das semi-finais e finais feminina e masculina do futebol Olímpico. Profissionais, empresas e administradores/gestores esportivos evoluíram demais nos últimos tempos.

 

 

Lembro-me que há muito pouco tempo (2012/13) em visitas à Europa, acompanhei a troca total do gramado da Amsterdã Arena, realizado em cerca de 16h. O resultado? Um gramado espetacular e pronto para o jogo Holanda x Bulgária, que acompanhei no campo (fotos).

 

 

Gramados: Artur Melo na Amsterdan Arena após o replantio do gramado, que durou 16 horasFoto: Arquivo Pessoal/Artur Melo

Artur Melo na Amsterdan Arena após o replantio do gramado, que durou 16 horas

 

Resultado final – em 16h um gramado espetacular e pronto para jogo.

Na volta, conversei bastante com empresas de produção de material vegetal e as empresas de execução e manutenção de gramados esportivos nacionais. Trocamos informações, como é de hábito nesse nosso meio.

 

Veio a Copa 2014 e ocorreu um investimento em gramados de futebol jamais visto no Brasil. Pela primeira vez, não faltou verba para trabalharmos. Gestores, profissionais, empresas de produção de grama e empresas de gramados esportivos atuaram firmemente na melhoria das técnicas e da qualidade de nossos gramados. Só não tivemos uma Copa irretocável porque a própria FIFA não atendeu, em muitos casos, às recomendações de se preservar o gramado de jogo (afinal, havia mais de 90 campos para treinos, por que treinos desgastantes nas Arenas?).

 

Criou-se uma demanda de melhor qualidade nos nossos campos. E veio a Olimpíada, dando-nos a oportunidade de um replantio total, durante um evento dessa magnitude.

 

Ainda que não tenhamos chegado à qualidade europeia (a Amsterdã Arena já recebeu mais de 60 replantios totais nos últimos 20 anos), nem à rapidez (em vez de 16h demoramos 3 dias no replantio), é importante registrar o excelente trabalho executado pela Itograss /Greenleaf /Royal Verd. Pela primeira vez na América do Sul se faz um replantio total, tão rápido e com resultado, em termos de qualidade, extremamente consistente.

 

 

GRAMADOS: CONCLUSÃO 

 

Temos técnicos, empresas e profissionais extremamente competentes atuando na área. Quando há condições de trabalho (laborais e financeiras) os resultados se apresentam em elevada qualidade e nível técnico comparável aos melhores gramados do mundo, até mesmo com gramado único no mundo (como a Arena Corinthians, com seu cooling system, sem precedentes no mundo).

 

Saudações Agronômicas e até a próxima!

 

* Artur Melo é engenheiro agrônomo formado pela UFRJ, projetista e consultor em gramados esportivos (Golf e Futebol) e irrigação automatizada. Com mais de 20 anos de experiência, em projetos de gramados, já atuou nos principais Clubes, CTs, Estádios e Empreendimentos Turístico/Imobiliários do mundo.

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.