Mundo Husqvarna

Agronegócio
Publicado em 22 de agosto de 2015

Produtores paulistas terão acesso às batatas orgânicas

As batatas-sementes produzidas pela APTA foram limpas de vírus e produtores terão acesso a sementes em excelente condição fitossanitária.

shutterstock_304795886Foto: Shutterstock

Já em 2015, de acordo com a Associação Paulista de Supermercados, a comercialização de orgânicos cresceu 13%. Bem diferente da estabilidade registrada na venda de produtos tradicionais. E este percentual promete crescer ainda mais.

 

Desde o final de 2014, a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), por meio da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Itararé, é a única instituição brasileira certificada e cadastrada para a produção de batatas-sementes orgânicas. Isso faz da Unidade a única brasileira a estar apta a produzir e disponibilizar para produtores rurais batatas-sementes orgânicas, livre de vírus.

 

O produtor paulista terá à sua disposição batatas-sementes orgânicas de cinco variedades – Ibituaçu, Araci, Araci Ruiva, Itararé e Vitória.

 

As batatas-sementes produzidas pela APTA foram limpas de vírus e, consequentemente, os produtores terão acesso a sementes em excelente condição fitossanitária.

 

Vantagens

 

A vantagem para os produtores são segurança fitossanitária do material que será plantado, menores custos e diminuição da dependência por sementes importadas.

 

Além disso, outra vantagem é evitar a importação de materiais convencionais da Europa, como ocorre atualmente – e isso ajuda na redução de custos e na diminuição da dependência externa de sementes.

 

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.