Mundo Husqvarna

Jardins
Publicado em 25 de setembro de 2015

Deixe o jardim mais colorido com a plantação de cravos

Esta flor tão popular traz muita vida a qualquer ambiente

shutterstock_306753479Foto: Shutterstock

Uma das flores mais populares, os cravos são a primeira planta ornamental mais cultivada da história. Originárias do México, são plantas herbáceas da família Compositae e do gênero Tagetes.

 

Existem duas espécies mais comuns, a Tagetes erecta – podendo chegar a 90cm de altura – e a Tagetes patula – alcançando, normalmente, 30cm. Essas flores apreciam climas subtropical, tropical e tropical de altitude e costumam florescer o ano todo. Há milênios são utilizadas como fitoterápicos, funcionando como repelentes naturais contra insetos.

 

A paisagista Rosalba da Matta Machado recomenda o plantio em hortas para mantê-los afastados. “O ideal é que seja feita a rotação do plantio de Tagetes em diversos locais na horta pois há estudos que indicam que também são eficientes contra nematóides. Na hora da compra é sempre indicado usar o nome científico Tagetes, pois existem outras espécies que também são conhecidas como cravo, como por exemplo, a Dianthus caryophyllus”, conta.

 

Indicados para formação de canteiros, pequenos ou grandes, as flores prevalecem tons de rosa, amarelo, laranja e vermelho. “No Jardim Botânico de Curitiba os canteiros de cravos são espetaculares” acrescenta Rosalba. (confira imagens desse trabalho na galeria de fotos)

 

 

Preparando o solo para os cravos

 

É essencial que o solo seja preparado adequadamente para o plantio. Faça uma mistura entre terra de jardim e terra vegetal para cobrir levemente as sementes. Ela deve ser mantida sempre úmida até o momento da germinação – entre uma ou duas semanas – e sob uma temperatura de 15ºC a 20ºC. Outro fator imprescindível para o bom desenvolvimento das flores é a iluminação. Os cravos devem ser plantados a pleno sol, pois gostam de ambientes arejados e com bastante luz solar.

 

A adubação só é feita em períodos de floração, entre 30 e 40 dias. Durante esse fase, é importante que as folhas e flores secas sejam podadas, prolongando o tempo de vida de sua plantação. Isso garante também que sua planta se torne mais resistente às pragas e doenças comuns do cultivo de cravos, como lagartas de borboletas e pulgões.

 

Fonte: Mundo Husqvarna

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.