Mundo Husqvarna

Mercado Florestal
Publicado em 13 de agosto de 2015

Especial madeiras do Brasil: Jacarandá

Considerada luxuosa, rara e cara, a madeira da Jacarandá é conhecida pela resistência e durabilidade natural.

shutterstock_288563666Foto: Shutterstock

Jacarandá é o nome dado a um grupo de árvores nativas do Brasil, da família das leguminosas como o pau-brasil, sendo Jacarandá-do-pará, jacarandá-amarelo, jacarandá-do-cerrado, jacarandá-roxo e jacarandá-paulista algumas das espécies desse grupo.

 

A madeira Jacarandá

 

Considerada luxuosa, rara e cara, a madeira da Jacarandá é moderadamente pesada (densidade 0,87 g/cm3), muito resistente e de longa durabilidade natural.

 

A árvore é muito ornamental, principalmente pela folhagem delicada e forma aberta de sua copa,  muito utilizada para paisagismo em geral. No entanto, sua maior utilidade é para mobiliário de luxo, sendo mundialmente famoso seu emprego na construção de pianos e também para construção civil, lambris, molduras, portas, rodapés, para folhas faqueadas decorativas, revestimento de móveis, caixas de rádios e televisões, peças torneadas, instrumentos musicais, etc.

 

Além disso, por conta de sua bela aparência e dureza intrínseca, é usada para fazer móveis da melhor qualidade, bem como produzir folheados, pisos, instrumentos musicais, quilhas de barco e até mesmo medicamentos tradicionais e bálsamos.

 

Sua variação da cor também é destaque: caracterizada pelo seu tom rico que vai do marrom ao roxo, faixas mais escuras contrastantes são comuns, formando padrões de “teia de aranha”.

 

No Brasil

 

A espécie mais conhecida e valorizada é o jacarandá-da-baía, que se encontra na mata Atlântica, entre o sul da Bahia e o estado de São Paulo. Ele chega a atingir 12 metros de altura, com tronco de casca fina e acinzentada.

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.