Mundo Husqvarna

Agronegócio
Publicado em 9 de dezembro de 2015

Verão é época de broca-da-goiabeira: veja como acabar com a praga

Problemas fitossanitários na cultura da goiabeira são um dos maiores desafios do produtor

shutterstock_246222970Foto: Shutterstock

Quem cultiva goiabeira sabe da necessidade de combater parasitas ao longo do ano. Mas, com a chegada do verão é hora de se prevenir contra a broca-da-goiabeira, ou broca das mirtáceas. O auge da atuação das lagartas – que corroem o tronco da planta deixando-a mais frágil – acontece em março, mas se a prevenção for feita em janeiro e fevereiro a broca das mirtáceas apresenta pouca resistência.
Conheça as principais formas de eliminar essa praga:

 

Leia mais:

>> IMA já validou neste ano cerca de 11 mil certificados a plantações livres de pragas

>> Pesquisas propõem técnicas para o manejo de pragas quarentenárias

>> Fique longe das pragas! Conheça a diferença entre o atomizador e o pulverizador Husqvarna

 

Eliminação da praga com pulverização de agrotóxico:
Consiste no combate da mariposa por meio de pulverizações com inseticidas fosforados e com o equipamento adequado, como um atomizador, para que o defensivo faça a cobertura da planta por completo. Esse cuidado no cultivo evita que a infestação ou contaminação se espalhe pela plantação, além de reduzir o tempo de trabalho e permitir que o produtor tenha mais tempo para outras atividades na propriedade rural.

 

Eliminação por meio da aplicação em pequena/média escala de agrotóxico:
O controle da broca-da-goiabeira precisa ser efetuado anualmente. A forma de executar esse processo é raspar a superfície do tronco com escovas ou luvas grossas até retirar os excrementos que a larva usa para se esconder. Uma vez exposto o inseto, pincela-se a região com solução de carbaryl e fungicida cúprico.

 

É importante que a aplicação de agrotóxicos seja feita somente com produtos químicos registrados para a cultura nos Ministérios da Agricultura, do Meio Ambiente e da Saúde, seguindo as dosagens e carências descritas nos rótulos e com o uso de EPI’s específicos para seu manejo.

 

Alternativa livre de agrotóxico
Inofensiva para o ser-humano a broca das mirtáceas pode ser removida manualmente em casos de pequenas propriedades que preferem manter o cultivo sem agrotóxico. Nesse caso o indicado é abrir fendas na madeira (as mesmas feitas para aplicar o carbaryl) e encontrar as lagartas para então mata-las usando um estilete de arame.

 

Como interromper o ciclo de pragas indesejáveis
Insetos como a broca-de-goiabeira tendem a se proliferar com facilidade no pomar. Para quebrar esse ciclo o indicado é nunca deixar que os frutos fiquem no chão, pois as larvas completarão seu ciclo e botarão mais ovos em frutos não contaminados. Para eliminar as frutas, recolha e utilize na alimentação dos animais. Outra sugestão é enterra-las a pelo menos 20 centímetros de profundidade para evitar contaminação.

 

Fonte: Mundo Husqvarna

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.