Mundo Husqvarna

Mercado Florestal
Publicado em 2 de dezembro de 2015

As razões para escolher um pinheiro natural no Natal

Antes de buscar a sua árvore de Natal, conheça as peculiaridades do pinheiro

Pertencentes à divisão Pinophyta, o pinheiro é uma espécie comercial que serve para a produção de celulose graças ao seu rápido crescimento. Ao longo de todo o ano os pinheiros são alvo de procura de profissionais da área de paisagismo – principalmente em grandes e médios ambiente. A escolha constante se dá pela fácil adaptação ao clima e também pela facilidade de manutenção com podadores.

 

Leia também:

 

Como e quando fazer a poda das árvores?

Fungos em árvores: quais são os tipos, como evitar e como tratar

Conheça o processo de transplante de árvores

 

Apesar da existência de uma demanda de venda ao longo do ano inteiro, o mercado de pinheiros comemora o período de final de ano. Isso pois, a árvore símbolo do natal tende a apresentar um aumento na comercialização em torno de 15% segundo informações da CEASA de Campinas/SP. Para que essa árvore perene não se torne um problema na sua decoração, conheça mais sobre ela:

 

Conhecidos por tuias, nome dado para alguns tipos de coníferas (“pinheiros”), suas características são os troncos quase retos e folhas compostas de vários filamentos formados por pequenas escamas verdes, devido ao molde de crescimento da planta para ficarem em forma de cones bem esticados.

 

Diferentes pinheirosFoto: Divulgação

Diferentes pinheiros

Tuia holandesa (Cupressus macrocarpa)

 

A tuia holandesa, que apesar do nome é originária da Inglaterra, tem folhas verde claro e exalam suave odor cítrico ao tocá-las. Em locais mais quentes, de clima tropical, o ambiente ideal é a meia-sombra com duas horas de luz solar direta. Já em locais de clima ameno, subtropical, pode ficar ao sol. Podendo atingir 12m de altura e 3m de diâmetro, sua duração é de no máximo 4 semanas em interiores e necessita de regas diárias.

 

Tuia Strickta (Juniperus chinensis)

 

Vinda do sudeste asiático, esta tuita é mais resistente, durando até 5 semanas em ambientes internos. Pode ser transplantas para vasos maiores ou jardins a pleno sol, com regas diárias. Seu tamanho pode atingir 6m de altura e 2,5m de diâmetro.

 

Tuia Occidentalis (Thuja occidentalis)

 

Atingindo de 12 a 20m de altura e 5m de diâmetro (dependendo da variedade quando plantada nos jardins), esta originária da América do Norte precisa ficar sempre a meia-sombra em locais mais quentes.
Cuidados básicos
Os pinheiros podem ser mantidos em vasos dentro de casas ou apartamentos desde que sejam locais bem ventilados e iluminados, pois eles necessitam receber luz solar direta por duas horas diárias, pelo menos.

 

Se optar por pinheiros em ambientes internos, saiba que, após o Natal, eles só resistirão se forem transplantadas e mantidas em ambientes bem iluminados e ventilados com regas diárias. Já as que mais crescem, quando plantadas no solo, precisam de espaços amplos e longe de rede elétricas.

 

Além da utilidade para o Natal, estes tipos de pinheiros podem ser usados como cerca-viva ou em paisagismo estilo clássico inglês.

 

Fonte: Mundo Husqvarna

Informe os dados abaixo para finalizar o seu cadastro

Campos com (*) são obrigatórios

Obrigado pelo seu cadastro!

Agora aproveite e confira os nossos conteúdos.